Você está em: Início > Notícias

Notícias

27/02/2008 - 10:00

Outros Assuntos Federais

Receita divulga números da arrecadação

 



 



O Imposto Sobre a Renda Total, que inclui tributos pagos por pessoas físicas e jurídicas, cresceu 46% nos últimos 12 meses. Mais de R$ 20 bilhões da arrecadação do governo foram em decorrência desses componentes, informou a Receita Federal. 



Os tributos acrescentados por bancos e demais instituições financeiras representam a maior variação no conjunto de impostos. A elevação no setor cresceu 148,7%. Impostos de Renda Pessoa Física e Jurídica destinaram, respectivamente, 18% e 51% a mais em janeiro. 



Outros importantes componentes da arrecadação do país são: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Importação, Impostos sobre Operações Financeiras (IOF), Contribuição para a Seguridade Social (Cofins) e Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). A Receita Previdenciária também é incluída na arrecadação total. 


Entre os impostos contabilizados, apenas a extinta Contribuição sobre Movimentação Provisória (CPMF), a Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) e receitas administradas de menor impacto arrecadaram menos no comparativo de janeiro


Veja como foi composta a arrecadação em janeiro:


 


ComponentesValor em R$ bilhõesVariação para janeiro de 2007
Imposto sobre Importação1,24829,05%
IPI Total2,99516,22%
Imposto sobre a Renda Total20,08246,42%
IOF1,16289,27%
ITR0,01435,22%
CPMF0,875-71,28%
Cofins10,10613,02%
Contribuição PIS/Pasep2,6397,17%
CSLL5,28944,74%
Cide - Combustíveis0,663-7,75%
Contribuição Fundaf0,025-10,3%
Outras receitas0,527-26, 91%
Receita Previdenciária13,77916,59%
Total62,59620,02%

Fonte: Agência Brasil


 


 


 



Já viu os novos livros COAD?
Holding, Normas Contábeis, Perícia Contábil, Demonstrações Contábeis,
Fechamento de Balanço e Plano de Contas, entre outros.
Saiba mais e compre online!