Você está em: Início > Notícias

Notícias

23/10/2007 - 08:50

Previdência Social

Aumenta opção por recebimento em conta corrente

Os aposentados, pensionistas e outros beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estão preferindo receber o pagamento em conta corrente frente à opção do cartão magnético.

De setembro de 2001 a setembro de 2007, o número de beneficiários que recebiam pela modalidade conta corrente subiu de 2.577.400 para 9.786.408 (aumento de 279%) no país. Essa elevação também é significativa se analisada sob o aspecto do número de beneficiários: representa mais de dez vezes o aumento de 25% dos 19,8 milhões existentes em 2001, contra quase 25 milhões de setembro deste ano.

Os que recebiam por cartão magnético, no entanto, caíram de 17.274.390 para 15.073.232 no mesmo período (menos 12%).

A mesma tendência de mudança na preferência dos segurados é verificada em todos os estados. O Amazonas registra a variação mais significativa: a quantidade dos que optaram por sacar o pagamento via conta corrente era de 12.983 e, pelo cartão, 150.298. Em setembro de 2007, os números passaram para 103.196 e 104.022, respectivamente.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, o número de benefícios pagos em setembro de 2001 por conta corrente era de 343.151 e, no mesmo mês deste ano, o salto foi para 1.203.335. Na contramão, os pagos via cartão magnético caíram de 1.284.197 para 771.980.

A preferência é verificada também no estado mais populoso do país. Em São Paulo, o total de benefícios depositados em conta corrente passou de 888,3 mil para 2,7 milhões nesse período, enquanto houve queda nos pagamentos por meio de cartão magnético, de 3,6 milhões para 3 milhões.

Opção -Ao requerer uma aposentadoria ou pensão no INSS, o trabalhador pode optar por uma das duas formas de pagamento: o cartão magnético ou a conta corrente. Qualquer que seja a escolha, não é obrigatória a retirada do pagamento num único saque, ou seja, o beneficiário pode retirar aos poucos os valores depositados em seu nome no banco.

Porém, quem recebe por cartão magnético não pode ficar mais de dois meses sem fazer o saque, pois o banco devolve os valores ao INSS depois desse prazo. Caso isso ocorra, basta comparecer à Agência da Previdência Social responsável pelo benefício, para a liberação do pagamento.

O aposentado ou pensionista pode a qualquer momento mudar a modalidade de opção feita na hora em que solicitou o benefício. Para tanto deve, ir à Agência da Previdência Social que controla seu pagamento, na primeira quinzena. Nesse caso, ainda é possível o pedido ser incluído na folha do mês. Após essa data, somente na seguinte. É necessário levar os documentos pessoais e assinar um termo de opção.

Conta corrente – Ao escolher a modalidade conta corrente, o beneficiário pode escolher entre os bancos conveniados com o INSS. Se já possuir uma conta em uma dessas instituições, o beneficiário poderá utilizá-la.

Antes de resolver onde abrir uma conta, é importante comparar as taxas, pois variam de banco para banco, as vantagens oferecidas e a facilidade de acesso à agência.

Cartão magnético – Essa modalidade é isenta de taxas, mas o aposentado não pode escolher o banco em que irá receber o pagamento. É a Previdência Social que define em qual agência será depositado, levando em consideração a proximidade com a residência do beneficiário.

Segurança – Tanto o cartão magnético quanto a conta corrente são meios seguros de receber o benefício, mas requer cuidados. O usuário do sistema, seja cartão ou conta, nunca deve fornecer sua senha a terceiros; não permitir que estranhos examinem o cartão sob qualquer pretexto, pois pode haver troca sem que se perceba; não anotar a senha em papéis ou rascunhos; ao escolher a senha, não utilizar números previsíveis como data de nascimento, número de telefone residencial, placa de automóvel.

Em caso de dúvida na operação do caixa eletrônico, o segurado deve se dirigir a um funcionário do estabelecimento bancário e nunca aceitar ajuda de estranhos ou pessoas não autorizadas.

Assalto, furto, roubo ou perda do cartão magnético deve ser comunicado imediatamente à central de atendimento do banco, solicitando o seu cancelamento. Recomenda-se também o registro da ocorrência na delegacia mais próxima de onde o fato ocorreu.

É aconselhável que o beneficiário use, sempre que possível, terminais instalados em locais de grande movimentação, como shoppings, lojas de conveniência e postos de gasolina.


FONTE: Previdência Social



Conheça nossos cursos e faça como
mais de 150.000 alunos que já se capacitaram com a COAD

www.coadeducacao.com.br