Informativo 0 - Página 0 - Ano 2018

DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO
Determinação e Registro dos Encargos

A legislação do Imposto de Renda considera como encargos de depreciação, amortização ou exaustão do Ativo Não Circulante as perdas que a pessoa jurídica suporta em decorrência da diminuição do valor dos bens do Imobilizado, da diminuição de valor dos elementos decorrente da exploração de direitos cujo objeto sejam recursos minerais ou florestais e da recuperação contábil do capital aplicado em despesas que contribuam para a formação do resultado de mais de um período de apuração. 







Clique aqui para ter acesso à integra do conteúdo
Área exclusiva do cliente Área Exclusiva